Onde estão os Verdadeiros Cânticos de Adoração?


Nós devemos voltar cantar a respeito do Cordeiro que venceu, dando-lhe a honra, o louvor e a adoração. Precisamos lembrar que Jesus Cristo é Digno. A igreja primitiva cantava e vivia Cristo crucificado. Eles cantaram, cantaram, cantaram, viveram e morreram a obra da Cruz. A igreja hoje não tem mais paixão pela cruz de Cristo, para ela não significa muita coisa a morte e vitória do Cordeiro. Eles querem a sua bênção, suas promessas, seus sonhos, suas vitórias. Cantam isso, proclamam isso, declamam isso, abrem campanhas de oração por estas causas. A Vitória de Jesus foi deixada de lado! Em detrimento da eternidade abraçou-se a prática de cantar a respeito de tudo aquilo que é passageiro, e este é o triste retrato de uma igreja que já não sabe mais o que é viver no Santo dos Santos. Ah se nós cristãos tivéssemos realmente assentados em regiões celestiais com Cristo! Nossos cânticos seriam outros, nossas pregações seriam outras, nossos cultos seriam outros, nossas vidas seriam outras, tudo seria GLÓRIA AO CORDEIRO DE DEUS, e não mais "minha benção", "meu sonho", "minha vitória", "minha conquista", "minha promessa". Não há espaço para ELE em nossas vidas quando estamos tão ocupados das nossas próprias coisas que achamos que servimos um Deus que morreu na cruz para ficar nos prosperando. JESUS morreu por causa dos nossos pecados.

Devemos restaurar a adoração na igreja, os cânticos de adoração na verdade, deixar de lado os que são apenas o homem exaltando-se a si mesmo, os que são auto-ajuda, discurso motivacional. Devemos voltar para o que é bíblico, e centralizar Cristo e a sua paixão naquilo que cantamos. Ora, certo é que a boca falará do que o coração estiver cheio, e a igreja canta daquilo que está cheio o seu coração. Pelo que temos visto, em muitas muitas vezes, a igreja está cheia de si mesma e não do Espírito Santo. Basta olhar as letras e a vida e tratamento de pop-star que tem os cantores atuais. Humildade e simplicidade foram embora junto com a presença de Deus. E porque alguns já não são mais capazes de liberar a presença de Deus quando cantam tem que criar seu próprio fogo falso, tornaram-se animadores de auditório, ou como diria aquele famoso pregador "são agora palhaços entretendo bodes". Ora, os que não se encaixam nesta descrição, nem tem porque ficarem bravos comigo, mas os que se encaixam, peço que examinem as suas vidas, louvor não é lugar para você exibir seus talentos, louvor é para Deus, é o que Ele quer, e Ele quer ser o assunto das nossas vidas. Nós não podemos cantar uma coisa e viver outra, cantar o certo com o coração errado.

Os cânticos hoje em dia são técnicos, são profissionais, muitas vezes frios e insinceros, não há mais corações de fogo, apenas orações geladas, como dizia Keith Green em sua canção "obedecer é melhor do que sacrificar".

Temos canções hoje cheias de vingança, canções de afronta, esqueçamos isso, façamos como Apocalipse 4, tendo o foco Naquele que vive para todo o sempre:

"E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre, Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas." Apocalipse 4:8-11

Temor, tremor, respeito, reverência, alegria com sobriedade, cantemos como os Serafins em Isaías 6, contemplando a Santidade do Senhor:

"Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória." Isaías 6:2,3

Os nossos cânticos (vidas) precisam urgentemente recuperar a realeza, a majestade, a verdadeira nobreza e espiritualidade, a sinceridade, simplicidade. Sem comércio, apenas adore a Ele por amor, cantemos ao Senhor um novo cântico, um hino de Louvor ao Nosso Deus, que as nossas línguas sejam como a pena de um hábil escritor para o louvor de Nosso Deus!

É importantíssimo revermos os cânticos, a boca canta o que o coração estiver cheio!

Enchei-vos do Espírito Santo!

Shalom

Anderson
Share on Google Plus

Sobre o site ArrependeteBrasil

Arrepende-te Brasil: Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, levar um povo a consciência e atitude de preparação individual para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.