Um sinal de arrogância e complexo de superioridade


A bíblia é muito clara quando fala a respeito da humildade, e quando podemos compreender da lição bíblica que você não é melhor do que ninguém, e que nenhum homem é melhor do que outro homem. Exaltar-se comparando-se uns aos outros é um tremendo engano que precisa ser cortado do nosso meio. Um homem se compara com outro homem e se acha melhor, ou então você mesmo olha para alguém e acha que ela é muita coisa. Isso é idolatria. Os fariseus na bíblia tinham uma unção muito estranha, a unção deles os permitia ser capazes de enxergar até mesmo o mínimo erro na vida dos outros, que fosse do tamanho de um cisco, mas não permitia que eles vissem os seus próprios erros, mesmo que fossem do tamanho de uma enorme trave em seus próprios olhos. Eles eram cegos tentando guiar outros cegos.

Um sinal que quero deixar aqui de arrogância e complexo de superioridade é justamente quando olhamos para os nossos pecados de longe "com um telescópio", mas para os pecados dos outros somos capazes de olhar de perto "com um microscópio". Isso é algo poderoso pois o Senhor Jesus nos ensinou a primeiro aprender a lidar com as nossas próprias falhas para depois podermos AJUDAR (lembre disso, AJUDAR) o nosso próximo com as falhas dele. Isso quer dizer que na sua "intensa" busca por santidade e santificação você jamais pode esquecer que você é apenas um miserável pecador. Você não pode começar a olhar para a idolatria do ministério dos outros enquanto teu próprio está naufragando em idolatria. Não tem como, se você não é arrependido dos seus próprios erros, se não se permitiu ser tornado em uma pessoa sensível ao seu próprio pecado pelo Espírito Santo, você não vai conseguir ajudar as pessoas com os seus pecados, vai apenas matá-las, repreendendo elas, mas não pelo Espírito Santo, e sim num espírito altivo, soberbo e orgulhoso.

Há duas formas de repreender pecado, e não é apenas abrir a boca e soltar a língua e falar! Não, não, não, não é mesmo! Uma das formas de repreender pecado é pelo poder do Espírito Santo, e a outra é pelo orgulho carnal e religioso! Você pensa que os fariseus nos tempos de Jesus Cristo não repreendiam pecados? Repreendiam até demais! Mas muitas vezes estavam fazendo isso através de um espírito de condenação e sem muita graça! Resultado, não ajudavam os pecadores a chegarem até Deus, pelo contrário, suas repreensões muitas vezes causavam morte e não vida, e eles sempre culpavam as pessoas que os ouviam de serem "os carnais" enquanto não percebiam que na verdade a unção na qual eles andavam era defeituosa! Faltava-lhes o Espírito Santo de Deus! Careciam ser ungidos e mais quebrantados, careciam de conhecer mais a Deus e também careciam e muito (como nós todos carecemos hoje) de reconhecer melhor as suas próprias falhas, misérias e limitações!

Estes eram os fariseus, o pecado era tolerado se fosse entre eles, basicamente era como se o pecado entre eles fosse "santificado", já que eles se consideravam "guias de cegos". Mas quando o pecado estava na vida dos outros, uau, rápida condenação, e graças a Deus Jesus Cristo veio a este mundo com poder para curar as feridas dos nossos pecados e rebeliões contra Deus. Graças a Deus que Jesus veio a este mundo e não somente tentou colocar um remendo de pano novo na nossa velha natureza, mas o Senhor foi no nosso coração e o mudou eternamente. Ele nos deu um novo coração, e cheio do Espírito Santo, e por isso já não podemos mais andar em arrogância e complexo de superioridade. Prestemos atenção a idolatria da nossa própria casa, e depois ajudaremos os outros com a idolatria na casa deles. Nos humilhemos perante Deus por nossas próprias falhas, e depois seremos ungidos para ajudar nosso próximo com as falhas dele. AJUDAR, lembre bem, AJUDAR.

De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados. Lamentações 3:39

Arrepende-te Brasil.
Share on Google Plus

Sobre o site Altar de Arrependimento

Arrepende-te Brasil: Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, levar um povo a consciência e atitude de preparação individual para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.