Será que Deus ama mais aos israelenses ou aos palestinos?


Como cristãos todos nós gostamos de falar e exaltar os feitos de Cristo e anunciar as boas novas, a Salvação que Ele nos trouxe desde os céus pela sua vida, morte e ressurreição se tornando ponte de acesso para nos religar a Deus o Pai. Nós agradecemos a Deus por isso, bendizemos a Deus, e como gostamos de anunciar a Salvação! Se eu pudesse, se possível fosse, eu gostaria de pregar apenas mensagens de evangelismo, falando sobre a graça de Deus e o perdão de Jesus Cristo, sobre o imensurável amor de Deus e a grandeza da salvação. Entretanto, como lemos na epístola de Judas, faz-se necessário também exortar a igreja a combater pela fé, e isso envolve sempre expor falsos ensinos, enganos e falsos profetas que se infiltram em meio ao povo de Deus na tentativa de perverter a alguns. São homens soberbos, que na sua queda estão levando a muitos. Alguns tendo começado pelo Espírito estão terminando pela carne. Judas disse em sua carta que ele gostaria muito de escrever aos irmãos falando sobre a salvação que nos é comum, entretanto, pelos tempos maus, e por causa da ameaça dos falsos profetas, ele teve por bem exortar os irmãos e dedicou toda a sua epístola a falar basicamente sobre um grave alerta contra os falsos mestres e falsos ensinamentos. Toda uma epístola dedicada a combater e alertar sobre falsos mestres e seus enganos. Algumas vezes hoje em dia, se nos prestamos a falar contra erros e enganos no meio do povo de Deus, se trazemos versículos bíblicos e alertas espirituais, somos as vezes taxados de pessoas amarguradas, ou raivosas, ou até mesmo tidos como inimigos do povo de Deus. As pessoas dizem sempre "deixa isso para lá, Deus vai julgar, vai falar de Jesus rapaz". Mas é um engano achar que os falsos profetas irão se combater sozinhos, há uma espada em nossa boca, e Deus mesmo pode nos ajudar neste combate sempre que necessário, como Judas fez. Há um ditado popular que diz que "quem avisa amigo é", e alertar por amor é amar. Mas a inversão de valores é tanta no evangelho moderno aprendido por boa parte dos cristãos hoje em dia, que ao invés de agradecer aos que avisam a igreja sobre o erro na verdade a igreja está em boa parte (não toda ela é claro), mas está em boa parte tentando os silenciar. Eu tenho certeza que se você tirar da bíblia as denúncias dos profetas e dos apóstolos, e do próprio Senhor, contra os falsos mestres você então tiraria talvez bem mais que metade da bíblia fora. Por isso não há mais tempo para que o povo de Deus se ofenda com a verdade. Quando alguém chama de falsidade o que é falsidade esta pessoa está sendo amigo da igreja e não inimigo. Quando um irmão, amorosamente te dá um alerta, ele não é teu inimigo, mas um dos teus maiores amigos. Eu sei bem que há muitos hoje em dia (e coloca muitos nisso!), dando alertas apenas por alertar, ou por sentimentos que não são cristãos. Há gente que denuncie pecado porém arrogantemente, sem olhar para si próprio, num tom de condenação e desprezo para com aquele que cometeu o erro, não levando em conta que você que hoje está de pé não deve se ensoberbecer mas temer, amanhã você pode cair, e ai vai querer receber de Deus aquela mesma ajuda que negou ao seu irmão. Estender uma mão as vezes é necessário. Porém, por outro lado, temos também aqueles que no ensejo de verem tudo com bons olhos e terem misericórdia perderam a firmeza em Cristo e na palavra de Deus. Suas línguas ficaram fracas e já não conseguem mais expor o erro para alertar os irmãos. Há que se ter um bom equilibrio entre estas duas coisas, o anúncio da salvação e o expor falsos ensinos e doutores na igreja. Há que se ter também humildade, nenhum pastor ou irmão deve julgar que somente ele possui toda a revelação da bíblia ou de Cristo Jesus, ao contrário, a palavra de Deus nos ensina a nos sujeitarmos uns aos outros em amor, e isso quer dizer que por mais sabedoria que você possua em algum assunto, você não sabe tudo, e sempre vai precisar do seu irmão para te ajudar, o resumo do que quero dizer é que devemos nos ajudar uns aos outros, e nos suportar uns aos outros, como aqueles que estão trabalhando junto para edificar uma mesma casa para a glória de Deus e tendo sobre nós como guia o Espírito do Senhor e as suas palavras escritas na bíblia. Se você ver o teu irmão enganado em alguma coisa, ore por ele, e se entender em Deus que pode ajudá-lo a sair daquele erro, ajuda, ajuda porém com mansidão, como está escrito, se você surpreender alguém em alguma falta, fale com mansidão, tome cuidado para você mesmo não ser tentado. Seja longânimo, tenha paciência sem fim, no tempo certo o Senhor dará a cada um o louvor que é devido. Algumas pessoas há que estão reproduzindo ensinos falsos, porém se alertadas, tomarão o caminho correto, toma cuidado de usar a palavra para dar vida e não para matar, toma cuidado de apontar também a Cristo e não somente o erro pois muitos se desviaram do Senhor e deixaram de  amar ao seu irmão, perdendo a sua fé em Cristo, por estarem demasiadamente focados nos erros dos homens e acabaram se esquecendo da glória incorruptível de Deus. Tua crítica e exposição do erro nunca sejam movidas de ira humana, ela além de tolice irá te deixar cego, talvez quando dela despertar já tenha feito estragos demais, alguns irreparáveis, dos quais espero não tenha que se arrepender eternamente. A ira humana pode se tornar um caminho sem volta, domina-a pelo poder do Espírito Santo que em ti habita. Faz guerra contra tua própria ira, abandona-a, deixa o furor!

Ore (é um bom modo de deixar a ira, orar!), ore muito pelas pessoas que você deseja que despertem, ore muito por todos os homens, Deus ama todas as nações da terra igualmente, sejam quem forem, ame-as também pois Cristo por todas elas morreu. Se você ama mais uma nação do que a outra, isso não é fazer acepção de pessoas? Se você ama mais a Coréia do Norte do que a do Sul, está fazendo acepção de pessoas. Se ama mais a Coréia do Sul do que a do Norte, está fazendo acepção de pessoas. Se você ama mais Israel do que outras nações, está fazendo acepção de pessoas. Quando você odeia teus inimigos não está sendo um filho de Deus. A igreja atual está praticamente idolatrando Israel, boa parte dos cristãos hoje em dia apenas sabem dizer "não meche com Israel ou Deus te arrebenta". Vocês nem estão pensando no que falam, e se desviaram do amor de Deus por tomarem partido numa guerra que é dos homens! O que o amor de Deus diz é que Israel e Palestina precisam de se voltar a Jesus. Você ama os Palestinos, chora por eles, deseja o bem deles, ou apenas Israel? Este amor parcial não é verdade, não vem do Senhor, é uma idolatria dos evangélicos pelo povo hebreu. O Senhor ama os dois povos igualmente, e quer que os dois se entendam, e o único modo de isso acontecer é se receberem a Cristo, do contrário irão se matar uns aos outros até o fim e se você não tomar cuidado vai tomar partido nesta guerra humana. Só há uma saída para judeus, palestinos, brasileiros, chineses, coreanos, reconhecer Jesus, o Messias, o Salvador prometido, e amar um ao outro como Ele nos amou a todos nós! Isso é Evangelho! Fora disso você vai ficar brigando por um pedaço de terra aqui na terra e se esquecer do céu!

Ame os teus inimigos, os que te perseguem, os que te caluniam, ore por eles, não ameace, não amaldiçoe para que você receba por herança Eterna BENÇÃO.

Ah se todas as nações da terra se voltassem hoje ao Senhor Jesus e o reconhecessem como Senhor e Salvador, e se esforçassem por praticar o mandamento que diz "amarás ao teu Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo", todas as guerras do mundo terminariam e homem finalmente teria paz com Deus e viveria em paz com os seus vizinhos. O que vemos hoje de nação contra nação e reino contra reino é o erro de uma humanidade que não recebe a Cristo. Tome cuidado para você não tomar partido nestas guerras humanas deste mundo, a nossa guerra é outra, espiritual. Nosso interesse é outro, eterno. A nossa Jerusalém Sagrada é outra, a Celestial. Não há nação herói na terra hoje em dia, não há nação demônio, há nações que precisam de arrependimento e ouvir sobre o amor de Deus. Como Israel vai querer paz rejeitando o Princípe da Paz? Por isso eles vão sempre viver em guerra até que digam "bendito o que vem em nome do Senhor". Só o Senhor é que põe fim as nossas guerras, "não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos." (Zacarias 4:6) Recebendo arrependimento para receber ao Espírito do Senhor, quer dizer, se dobrando a Deus, se convertendo a Deus, suplicando a Deus como um dia irá acontecer!

Parte do limpar o caminho para que a pregação do evangelho chegue aos corações humanos passa necessariamente por limpar a igreja, nós os cristãos, de falsos ensinos e mestres que conduzem ao erro e engano, ou seja, nos desviam de Jesus Cristo. Porém, antes de abrir a tua boca, pensa bem qual o motivo pelo qual a abre. Jesus ensinava por íntima compaixão e isso é realmente poderoso, por isso ele falou como mais ninguém falou nesta terra, por isso podemos dizer dele sem sombra de dúvidas, que Ele é a boca que não mente pela qual Deus falou perfeitamente a humanidade!

Vamos aprender uns com os outros, nos corrigir uns aos outros, nos dobrar uns aos outros, deixe teu irmão lavar a sujeira dos teus pés, assim como você, vá, e lave a sujeira dos pés do teu irmão. A igreja precisa de paz, os cristão precisam de paz, pois é em paz que se semeia o fruto da justiça. E esta paz é a paz que excede a todo entendimento.

Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas. Tiago 2:1
Share on Google Plus

Sobre o site ArrependeteBrasil

Arrepende-te Brasil: Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, levar um povo a consciência e atitude de preparação individual para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.